Faça sua busca:

Prefeitura divulga resultado dos prêmios “Cultura Imaterial Viva” e “Cultura Imaterial Sons da Capoeira”

Nesta segunda-feira, 3, a Prefeitura de Matias Barbosa apresenta o resultado do Prêmio “Cultura Imaterial Viva” das Folias de Reis, e “Cultura Imaterial Sons da Capoeira” de grupos do município, iniciativas promovidas pelo Departamento Municipal de Cultural, Turismo, Desporto e Lazer.

A atividade foi realizada entre os meses de março e abril, e os grupos da cidade foram cadastrados para participarem dos prêmios.  A premiação é no valor de R$ 3 mil reais, valor a ser utilizado na promoção de atividades culturais.

Em virtude da Covid-19, com as medidas sanitárias e segurança dos participantes, os prêmios foram realizados de forma remota pela plataforma digital.

O Prêmio “Cultura Imaterial” tem como objetivo reconhecer a atuação de mestres da tradição cultural de Folia de Reis de Matias Barbosa. Destacando as pessoas que contribuem para o fortalecimento da identidade cultural da cidade e que promovem o resgate, a manutenção e a salvaguarda da tradição da Folia de Reis.

O Prêmio “Cultura Imaterial sons da Capoeira”, teve como objetivo reconhecer os bens imateriais não registrados dos saberes da Capoeira em Matias Barbosa. Pessoas que contribuem para a tradição da Capoeira em nosso município.

Vencedores:
Sergio Alves, 77 anos, é mestre folião da Folia de Reis Cantinho do Céu e começou a jornada com 15 anos de idade.
Braz Eleno Teixeira, 52 anos, é mestre folião da Folia de Reis Estrela do Oriente e começou a jornada com 7 anos de idade.
Valber Benedito da Silva, 41 anos, mais conhecido como Muralha pela comunidade da capoeira, produz de forma artesanal instrumentos musicais que mantem viva a cultura afro-brasileira.

dusuk hapi klima servisi