Faça sua busca:

Matias Barbosa segue na imunização dos trabalhadores da saúde

Desde a primeira dose da vacina contra a Covid-19 aplicada no município, o Departamento de Saúde de Matias Barbosa segue as diretrizes do Ministério da Saúde (MS) e Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG). Assim como demais municípios, a vacinação tem sido realizada nos trabalhadores da saúde em diferentes frentes. 

 

A ampliação dos grupos é gradativa, feita de acordo com a disponibilidade de doses.  A vacinação está ocorrendo dentro do previsto pelo departamento. A imunização de todos os trabalhadores da saúde é uma medida recomendada pelo MS a fim de garantir a manutenção dos serviços de saúde e a capacidade de atendimento à população.



Trabalhadores dos serviços de saúde são todos aqueles que atuam em espaços e estabelecimentos de assistência e vigilância à saúde, sejam hospitais, clínicas, ambulatórios, laboratórios e outros locais. Esse grupo compreende tanto os profissionais da saúde, quanto os trabalhadores de apoio, ou seja, todos aqueles que trabalham nos serviços de saúde.

 

Até o momento, o município recebeu 372 doses, imunizantes da Coronavac e AstraZeneca. Foram imunizadas 105 pessoas dentro dos grupos preconizados na primeira fase do plano nacional. 



Conceito de trabalhadores de saúde segundo o Ministério da Saúde 

 

Trabalhadores dos serviços de saúde são todos aqueles que atuam em espaços e estabelecimentos de assistência e vigilância à saúde, sejam eles hospitais, clínicas, ambulatórios, laboratórios e outros locais. Compreende tanto os profissionais da saúde (médicos, enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, biólogos, biomédicos, farmacêuticos, odontólogos, fonoaudiólogos, psicólogos, assistentes sociais, profissionais da educação física, médicos veterinários e seus respectivos técnicos e auxiliares), quanto os trabalhadores de apoio (recepcionistas, seguranças, trabalhadores da limpeza, cozinheiros e auxiliares, motoristas de ambulâncias e outros), ou seja, todos aqueles que trabalham nos serviços de saúde. Inclui-se ainda aqueles profissionais que atuam em cuidados domiciliares (cuidadores de idosos, doulas/parteiras), bem como funcionários do sistema funerário que tenham contato com cadáveres potencialmente contaminados. A vacina também será ofertada para acadêmicos em saúde e estudantes da área técnica em saúde em estágio hospitalar, atenção básica, clínicas e laboratórios.

dusuk hapi klima servisi